Enlouquece-te a ti mesmo (7): o doente imaginário, por Gabriel Peters

“A parábola dos cegos” – Pieter Bruegel (1568) Por Gabriel Peters Clique aqui para pdf Da essência à existência à carne Em meio às narrativas sobre a multifacetada tradição fenomenológica na filosofia do século XX, poucas tramas são tão conhecidas como aquela em que o cartesianismo radical do fundador Husserl dá lugar, na fenomenologia pós-husserliana,…

Lançamento do livro “A ordem social como problema psíquico: do existencialismo sociológico à epistemologia insana”, de Gabriel Peters

Como a ordem social é possível? Por que o mundo social não descamba mais facilmente para o caos ou para a “guerra de todos contra todos”? O presente livro sustenta que parte da resposta a essas questões clássicas da teoria sociológica se encontra no anseio universal do agente humano por “segurança ontológica”, isto é, por…

Enlouquece-te a ti mesmo (4): Trema…ou o estranhamento do mundo na esquizofrenia, por Gabriel Peters

Por Gabriel Peters (UFPE) Clique aqui para pdf O mundo como um “imenso museu de estranheza” Segundo depoimentos de pessoas que sofreram convulsões epilépticas, os instantes que precedem os ataques são, em alguns casos, marcados por uma aura experiencial peculiar, uma espécie de “sensação mental” intensa e global que se aproxima de um êxtase místico. Um…

Enlouquece-te a ti mesmo (2): eu, minhas vozes e meus observadores, por Gabriel Peters

Por Gabriel Peters (UFPE) Clique aqui para pdf Loucuras de Apolo e Dioniso  As imagens mais influentes da insanidade tendem a retratá-la como o triunfo das forças “dionisíacas” da subjetividade sobre os seus aspectos “apolíneos” (Sass, 1992). Tal caracterização das concepções dominantes da loucura no pensamento ocidental toma de empréstimo, é claro, a famosíssima distinção…

Fantasmas-na-máquina-no-mundo (1): fenomenologia e psico(pato)logia contextual, por Gabriel Peters

Por Gabriel Peters (UFPE) Clique aqui para pdf Fenomenologia e psiquiatria Uma mirada panorâmica sobre a história da psiquiatria no último século mostrará que, em qualquer momento dado, sempre existiram psiquiatras atraídos pela fenomenologia. De Karl Jaspers e Ludwig Binswanger até Thomas Fuchs e Louis Sass, passando por Eugène Minkowski e Ronald Laing, a influência…

Bourdieu, Sartre e o garçom de café: notinha de sociologia existencial sobre o nada (que somos), por Gabriel Peters

Por Gabriel Peters (UFPE) Clique aqui para pdf Espíritos fardados: o eu e seus uniformes Machado de Assis definiu seu conto O espelho, logo no subtítulo, como um “esboço de uma nova teoria da alma humana”. Não há dúvida de que o Bruxo pensou nesta grandiloquente expressão com um sorriso irônico nos lábios (ou, pelo…

Enlouquece-te a ti mesmo: sobre os círculos infernais da autorreflexão, por Gabriel Peters

Fonte: http://digital-evolutions.blogspot.com.br/2014/09/the-droste-effect.html Por Gabriel Peters (UFPE) Clique aqui para pdf  Obsessão, insônia, pânico Façamos um pequeno experimento: NÃO PENSE, sob hipótese alguma, em um ELEFANTE ROSA. Tarde demais: ali estava ele pipocando em sua cabeça…Quando escrevo a você “Não pense em…”, sua mente só é capaz de compreender essa orientação se souber no que ela não…