A importância de Bruno Latour para a Filosofia (Parte 2), por Graham Harman

Por Graham Harman Tradução: Thiago Pinho A primeira parte desse post pode ser encontrada clicando aqui. Clique aqui para pdf C. Irreduções Colocado de um modo mais simples, as duas faces da realidade são a natureza autônoma dos actantes e sua habilidade para influenciar um ao outro. O sol é quente, mas ainda não nos…

A importância de Bruno Latour para a Filosofia (Parte 1), por Graham Harman

Por Graham Harman Tradução: Thiago Pinho Poucos pensadores contemporâneos tem se deparado com um destino tão estranho quanto Bruno Latour. Em certas partes do mundo acadêmico, ele é um reconhecido popstar. Sua teoria do ator-rede tem inspirado centenas de trabalhos realizados por animados seguidores na sociologia, antropologia, estudos da ciência, e mesmo as belas artes[1]…

Irreduções (Parte 5), por Bruno Latour

Por Bruno Latour Tradução: Lucas Faial Soneghet Clique aqui para pdf Esse post é a continuação da série Irreduções, cuja quarta parte pode ser encontrada nesse link. Capítulo 3 – Antropológicas 3.1.1 Qual é o estado de coisas? O que são esses actantes dos quais falamos? Essas enteléquias, o que elas querem? Responder tais perguntas…

Irreduções (Parte 4), por Bruno Latour

Por Bruno Latour Tradução: Lucas Faial Soneghet Clique aqui para pdf Esse post é a continuação da série Irreduções, cuja terceira parte pode ser encontrada nesse link. Nesse post terminamos o Capítulo 2 – Sociológicas.  2.5.5 Nós não podemos nos libertar dos poderosos através do “pensamento”, mas nós nos libertaremos do poder quanto transformarmos “pensamento” em…

Irreduções (Parte 3), por Bruno Latour

Por Bruno Latour Tradução: Lucas Faial Soneghet Clique aqui para pdf O texto a seguir continua a série de traduções cuja primeira parte pode ser encontrada aqui e a segunda aqui.  CAPÍTULO 2 – SOCIOLÓGICAS 2.1.1 Todo raciocínio tem a mesma forma: uma frase segue a outra. Então uma terceira afirma que estas são idênticas mesmo…

Irreduções (Parte 2), por Bruno Latour

Por Bruno Latour Tradução: Lucas Faial Soneghet Clique aqui para pdf O texto a seguir continua a série de traduções começada nesse post. Continuamos de onde paramos na parte 1 e terminamos ao final do primeiro capítulo. 1.2.2 Enteléquias não concordam sobre nada e podem concordar sobre tudo, porque nada é, em si mesmo, nem…

Irreduções (Parte 1), por Bruno Latour

Por Bruno Latour Tradução: Lucas Faial Soneghet Clique aqui para pdf *O texto a seguir contém a tradução da Introdução e parte do Capítulo 1 da segunda parte do livro “The Pausterization of France”, intitulada Irreductions. Este é o primeiro post numa série. Introdução: Estudos sobre ciência e sociedade, como esse sobre a pasteurização da…

Bruno Latour: uma sociologia muito católica, por Nathalie Heinich

Por Nathalie Heinich Tradução: Diogo Silva Corrêa Clique aqui para pdf Que seja entendido de largada: “católico” não deve ser levado aqui em seu sentido literal, pois Bruno Latour nunca fez apelo ao catolicismo em sua prática sociológica, nem jamais utilizou o vocabulário ou os conceitos do catolicismo para realizá-la. O termo também não deve…

Uma virada metafísica? Uma investigação de Bruno Latour sobre os modos de existência, por Patrice Maniglier

Por Patrice Maniglier Tradução: Alberto Luís Cordeiro & Diogo Silva Corrêa Clique aqui para pdf Um livro com o título Enquête sur les modes d’existence [Investigação sobre os modos de existência], mas com o subtítulo Une anthropologie des Modernes [Uma antropologia dos Modernos], imediatamente impõe a pergunta: trata-se de um trabalho de metafísica, como sugerido pelo…