“Problemas centrais em teoria social”, de Anthony Giddens: um guia de leitura – por Gabriel Peters

por Gabriel Peters GIDDENS, Anthony. Problemas centrais em teoria social: ação, estrutura e contradição na análise sociológica. Petrópolis: Vozes, 2018. O artífice da síntese no seu auge  A teoria da estruturação constitui, creio eu, a contribuição mais valiosa do sociólogo britânico Anthony Giddens às ciências sociais. A sofisticação analítica e a erudição vasta demonstradas em…

Giddens em pílulas (6): dois vivas para o ecletismo na teoria social, por Gabriel Peters

Por Gabriel Peters (UFPE) Clique aqui para pdf A “teoria da teoria” como parte da teoria A julgar pelos ensaios compilados em Teoria social hoje (1999 [1987]), um volume organizado ainda ontem por Anthony Giddens e Jonathan Turner, a reflexão teórica nas ciências sociais é obrigada, mais cedo ou mais tarde, a se envolver em…

Giddens em pílulas (5): história e sistemas sociais, por Gabriel Peters

Por Gabriel Peters (UFPE) Clique aqui para pdf Estruturas como regras e recursos Na teoria da estruturação, como  vimos nos posts anteriores desta série, estruturas são “regras e recursos” que os atores humanos utilizam nas práticas de produção e reprodução dos sistemas sociais. Ancorado em Garfinkel e Wittgenstein, Giddens afirma que regras são técnicas ou…

Giddens em pílulas (4): O “modelo estratificado” da ação e da personalidade

Por Gabriel Peters  Clique aqui para pdf Agência e estrutura em uma “ontologia de potenciais” Em contraste com as ambições infladas de tantos esforços teóricos do passado, Giddens (2003: 385) confere à “teoria” nas ciências sociais um papel modesto: a sensibilização cognitiva da pesquisa empírica para dimensões relevantes da vida social. Os instrumentos analíticos da…

Giddens em pílulas (3): a dualidade entre ação e estrutura, por Gabriel Peters

Por Gabriel Peters (UFES) Clique aqui para pdf Uma ontologia praxiológica da vida social Ao dar à sua abordagem o nome de “teoria da estruturação”, Giddens já comunica que pretende elaborar uma ontologia radicalmente processual do universo societário. Segundo sua visão, mesmo os traços estruturais e institucionais mais duradouros das sociedades humanas têm de ser…

Giddens em pílulas (2): o legado das abordagens interpretativas, por Gabriel Peters

Por Gabriel Peters (UFPE) Clique aqui para pdf A síntese em meio à balbúrdia Observando o cenário das ciências sociais na virada dos anos 1970 para os anos 1980, o sociólogo estadunidense Jeffrey Alexander concluiu que elas atravessavam, então, um “novo movimento teórico” ([1982] 1987), liderado por autores como o alemão Jürgen Habermas, o francês…

Giddens em pílulas (1): as vias de um pensador, por Gabriel Peters

Por Gabriel Peters (UFPE)  Cliquei aqui para pdf Nascido na Inglaterra em 1938, o teórico social Anthony Giddens trilhou um percurso intelectual que pode ser dividido, grosso modo, em quatro fases: 1) a exposição do legado da sociologia clássica, centrada primordialmente sobre as obras de Marx, Durkheim e Weber (1971-1976); 2) a elaboração da “teoria…