Categoria: TraduçõesPágina 8 de 9

A atmosfera como o conceito fundamental da nova estética, por Gernot Böhme

 Por Gernot Böhme (Instituto de Filosofia de Darmsdat, Alemanha) Tradução: Diogo Silva Corrêa e Olivia von der Weid Clique aqui para baixar o pdf A atmosfera como o…

Política da Cidade, por Dany-Robert Dufour

Por Dany-Robert Dufour Clique aqui para pdf Este título é, evidentemente, um pleonasmo, pois “Cité” em grego se denomina “Polis” – o que resultou na palavra “política” que…

Estudos de práticas sociais significativas envolvem necessariamente questões morais, por Anne Rawls

 Anne Warfield Rawls (Universidade de Bentley) Tradução Diogo Silva Corrêa Clique aqui para pdf A questão da neutralidade axiológica tem sido uma questão contestada desde o início do…

A sociologia no Antropoceno: novos desafios, velhos problemas, por Gerard Delanty

Gerard Delanty (Universidade de Sussex, Reino Unido)[1] Tradução Estevão Bosco Clique aqui para pdf Introdução             Nos anos 1990, a ideia de globalização se tornou um dos conceitos…

A sociedade mundial, por Rudolf Stichweh

Rudolf Stichweh (Universidade de Bonn, Alemanha) Traduzido por Marcelo Fetz Clique aqui para pdf  Resumo O artigo inicia com um quadro geral sobre quatro mecanismos centrais na formação da…

Forma e objeto: um tratado de coisas, por Tristan Garcia

Tradução: Diogo Silva Corrêa* Clique aqui para pdf Nossa época é, talvez, aquela de uma epidemia de coisas. A divisão do trabalho, a industrialização da produção seguida da…

O Clima, um Novo Horizonte Político, por Bruno Latour

Por Bruno Latour (IEP, França) Tradução: Rafael Damasceno Revisão e apresentação: André Magnelli Clique aqui para pdf O artigo “O Clima: um Novo Horizonte Político” foi publicado por…

Como representar as florestas, os polos e os oceanos? por Bruno Latour

Bruno Latour (IEP, França)* Tradução de Diogo Silva Corrêa As Nações Unidas agrupam todos os países e, por conseguinte, o território legal dessas nações. Todavia, mesmo se você…

A moldura, um ensaio estético

Por Georg Simmel* Em última instância, o caráter das coisas depende do fato de serem totalidades ou partes. A existência como algo autossuficiente, fechada em si mesma, guiada…