O “Manuscrito Esquecido de Luhmann” (A Teoria Sistêmica da Sociedade, de 1975): Uma Nova Chave de Leitura?, por Carlos Eduardo Sell

Carlos Eduardo Sell (UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina) Para pdf clique aqui Eis que, quando todos já imaginavam que, à exceção dos livros dedicados a sistemas específicos da sociedade (como a arte, a política, a religião, o direito, etc.), as principais obras de Luhmann, como O sistema social (1984) e A sociedade da sociedade…

“Antropologia do Homem Global”, por Christoph Wolf (Annablume, 2017)

 Por Christoph Wulf (Freie Universität, Alemanha) Introdução: Tópicos de antropologia exercem um papel marcante em quase todos os ramos da ciência. Correntemente, muitas disciplinas de humanidades, das ciências sociais e naturais, bem como da literatura e dos estudos culturais, estão discutindo aquilo que é visto como uma reviravolta decisiva na antropologia. As expectativas quanto a…

“Teoria Sociológica Contemporânea”, por Carlos Eduardo Sell e Carlos Benedito Martins (Annablume, 2017)

Carlos Eduardo Sell (UFSC) Carlos Benedito Martins (UNB) Clique aqui para pdf Introdução O Que é Teoria Sociológica Contemporânea? De volta aos manuais[1]! Consciente de seu valor e tendo em vista a lacuna de materiais produzidos no Brasil[2], a Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS) patrocina a elaboração do livro Teoria sociológica contemporânea: autores e perspectivas….

“Economia Ecológica”, por Herman Daly &amp e Joshua Farley (Annablume, 2016)

DALY, Herman & FARLEY, Joshua. Economia Ecológica. São Paulo: Annablume, 2016.  Prefácio à Edição Brasileira Peter May, Presidente da ECOECO Rio de Janeiro, 19 de julho de 2016 É uma honra ser convidado para escrever o prefácio para este livro-texto dos nossos mentores Herman Daly e Joshua Farley, sobre a “transdisciplina” de Economia Ecológica (EE),…

“Manifesto Convivialista” (Annablume, 2013) e “Além do Habitus”, por Frédéric Vandenberghe e Jean-François Veran (7Letras, 2016)

Síntese do Manifesto convivialista Declaração de interdependência Jamais a humanidade dispôs de tantos recursos materiais e competências técnicas e científicas. Considerada em sua globalidade, ela é rica e poderosa, como ninguém nos séculos anteriores poderia imaginar. Nada comprova que ela esteja mais feliz. Porém, nenhuma pessoa deseja voltar atrás, pois todos percebem que, cada vez mais,…