Autor: sociofiloPágina 9 de 13

Um domingo de um pastor na favela Cidade de Deus, por Diogo Silva Corrêa

Relato etnográfico Por Diogo Silva Corrêa Às 07h30 da manhã de domingo, o pastor Alex, de 43 anos, levanta de sua cama. Deixa sua esposa dormindo e vai…

Sobre o Estado (2014), de Pierre Bourdieu

por Alexandre Camargo Sobre o Estado: cursos no Collège de France (1989-1992). São Paulo: Cia das Letras, 2014. 573 páginas. Alexandre de Paiva Rio Camargo Provavelmente a ausência mais…

Bruno Latour, a sociologia do ator-rede e a constituição material dos mercados

Introdução a Bruno Latour e à teoria do ator-rede Bruno Latour e a questão da constituição material dos mercados Perguntas, questões e debate

Siegfried Kracauer e os vestígios do social, por Patrícia da Silva Santos

Por Patrícia da Silva Santos (UNICAMP)[1] Clique aqui para pdf Georg Simmel era um mestre em buscar nas coisas feitas pelos homens os traços reveladores de sua pertinência…

Depois do dilúvio. A arca de Bruno Latour, por Luc Boltanski

 Luc Boltanski (EHESS, França)[1] Tradução Diogo Silva Corrêa A escolha de Noé Gaia está morrendo. Uma grande catástrofe nos ameaça. Se nós nada fazemos, a terra será inundada….

Luc Boltanski, a sociologia pragmática e a elaboração de uma sociologia dos problemas íntimos

Introdução a Luc Boltanski e a sociologia pragmática Boltanski, a sociologia pragmática e a breve exposição de uma sociologia dos problemas íntimos Perguntas, questões e debate

Margaret Archer e “reflexividade”nos meio populares

Introdução à Margaret Archer e à noção de reflexividade Archer, a reflexividade nos meios populares e a elaboração de uma sociologia da multideterminação existencial Perguntas, questões e debate

Os evangélicos, as drogas e a cientifização reflexiva, por Carlos Gutierrez

Relato etnográfico Por Carlos Gutierrez (UNICAMP) Clique aqui para pdf “Os evangélicos são conservadores e, por isso, contra a legalização das drogas”. Tal frase já foi repetida por cientistas…

“Hábito”, por Albert Ogien e Louis Queré

Da Série Verbetes  Por Albert Ogien (EHESS) e Louis Queré (EHESS)[1]  Tradução: Diogo Silva Corrêa Clique aqui para pdf I- Não se pode dar conta da experiência sem…